Doce Pecadinhu - Entre Suspiros e gemidos

E meus desejos continuam..

E os meus desejos continuam aqui.. Ah! Entre uma palavra e outra e escutando uma música que me levam para aquele encontro.. nossa está realmente difícil escrever hoje.

Após o primeiro e caloroso encontro que narrei ontem continuávamos a encontrar no msn e as conversas cada vez mais abertas e certas… nos perguntávamos por que ainda não tinha acontecido e por que no primeiro encontro não transamos já que estavamos no estagio máximo.

Ele confessou para mim que a vontade dele era de nunca me deixar sair dali e queria me ter naquele momento mas agente estava tão envolvidos numa transe louca que ao ver o horário já era a minha hora de partir.

Combinamos o segundo encontro que só foi acontecer quase 8 meses depois, desencontros de trabalho e problemas com meu companheiro fizeram agente adiar um pouco o momento que seria só nosso.

Em um determinado dia e numa tarde entediosa ele entrou no msn e já me senti arrepiada do pé a cabeça.. sabia que ele ia me chamar e assim fez.

Só deu tempo de tomar um banho e me arrumar e lá estávamos nós no motel curtindo cada momento, cada minuto foi totalmente de entrega tanto da minha parte como a dele. Acho que em todos os meus encontros nunca tive um lance de total entrega com ninguém em que parece que o tempo para só para vocês dois..

                                          

Sentir os lábios dele no meu corpo me levou a loucura, ver ele se dedicando por cada parte.. foi indescritível. 

Meu momento de descoberta foi maravilhoso, sentir a sua pele, beijar aquela boca, sentir os braços fortes e grande dele.. me senti louca com seu cheiro. Sentir todo o seu volume em mim me apertando.. foi tudo muito intenso.

Só posso dizer que cada momento e movimento foram os melhores e mais envolventes que eu já tive em minha vida.. quando acabou fomos tomar um banho juntinhos e ali no chuveiro aproveitamos mais uma vez nossos corpos.

Ele me fez gemer como ninguém nunca havia conseguido, foi uma libertação em minha vida em todos os sentidos. Antes dele nunca havido gozado e isso só fez com que eu liberta-se de tudo o que me prendia para não viver esse momento tão alucinante com ele.

Hoje estou aqui contando esse encontro que aconteceu a alguns anos e que nunca saíram da minha cabeça.


Viajando em lembranças

Sabe aquela pessoa que de repente tira de você todos os suspiros e arrepios?
é assim que eu eu sinto pelo *Rafael* um lindo homem que conheci em um chat da UOL em um dia entediante que meu companheiro me deixava em casa sozinha.

Morava em um lugar bom em minha cidade, advogado, 28 anos com um biotipo que eu sempre fui atraída, seus olhos verdes e seus 1,98 me fazia olhar para o céu. 

Conversa sempre interessante e quente ao nível de um mês depois marcarmos para nos conhecer no centro da cidade.

Na hora marcada recebo um telefonema dizendo que houve um imprevisto e eu sorrindo ao telefone só desejava um minuto ao seu lado.. era algo muito carnal!

Após essa brincadeira para deixar o clima mais quente saímos sem rumo e sem direção desejávamos apenas que a hora não se move-se mais e que aquele momento fosse eterno. 

Paramos o carro e demos o nosso primeiro beijo e nos tocamos, eu sou muito ligada a abraço, apertos e cheiros.. preciso reconhecer o corpo que esta comigo todinho.. pena que a situação e local não me permitia.

As duas horas que ficamos ali em total sintonia e sem nenhuma palavra foi perfeita, seus beijos quentes e molhados me deixavam totalmente fora de mim, o seu tamanho e por mim ser pequena só me fazia querer mais aquele aconchego e aqueles braços em mim.

Eu tinha que embora, porque? O que eu mais queria era estar com ele até o outro dia e mais outros.

Sai do carro pisando em nuvens e desejando que aquilo acontece-se de novo e que   fosse tão bom quanto essa primeira vez. Não houve nada mais intimo pois estava em uma rua e o local era um pouco agitado e também por que queríamos algo mais quente do que apenas um encontro casual de sexo.

Talvez se tivesse tido sexo nesse encontro não teria sido tão bom quanto foi.. e de todos os encontros que tivemos esse foi o melhor, da descoberta do cheiro e do sabor.. 


É preciso olhar com outros olhos

Antes de contar qualquer história ou começar a narrar os fatos é necessários olhar com outros olhos tudo que estou vivendo nessa fase da minha vida e fazer uma breve apresentação para vocês que talvez um dia passe por aqui.

Eu tenho hoje 26 anos, vivendo uma relação maravilhosa e sei que o que vou falar vai criar espanto em alguns mas vivo uma relação aberta. Aos poucos vou narrando tudo o que tenho passado e vivido para vocês.

Nunca fui uma pessoa normal, mais viver assim seria anormal?

Sempre senti que era uma pessoa que precisava mais e que um relacionamento fechado não dava conta. Por mais que a outra pessoa fosse “a” pessoa não dava conta. Havia sim sentimento mas aquilo não me prendia por completo a outra.

Foi então que entrou essa pessoa na minha vida e que me completa e aceita e curte todas as minhas fantasias. 

Uma vez navegando na internet encontrei o blog “cem homens” e ao ler a Leticia narrando os seus encontros e sentimentos me senti mulher e digna novamente por quer antes talvez pela educação e religião eu não me permitia falar em sexo e do quanto eu gosto dele.. o quanto eu necessito.

Sei que essas poucas palavras podem causar um estranhamento e bafafa mais sinceramente eu não tem ai, só quero poder extravasar toda essa energia e contar ao mundo que cada pessoa é única.





11
To Tumblr, Love PixelUnion